Fale Conosco aqui

Se falassem para você que o funcionamento do seu intestino e o de uma empresa são semelhantes de certa forma, soaria verdadeiro? Pode parecer bizarro, mas assim como um empreendimento exige organização, disciplina e planejamento para funcionar da maneira adequada, isso também vale para nosso sistema gastrointestinal.

Vamos pegar como exemplo uma fábrica. A estrutura organizacional aponta que uma liderança principal, o presidente da empresa, é necessária para centralizar todo o comando. Ele delega funções e responsabilidades, toma decisões e busca fortalecer sua empresa. Quando falamos do seu corpo, o presidente é você, que decide sobre sua alimentação, sobre exercícios físicos, sono e outros fatores que vão influenciar toda essa cadeia.

Abaixo do presidente, temos os líderes de áreas gerais, os diretores. Nessa fábrica fictícia, possuímos um diretor administrativo e um destinado à produção. O primeiro é responsável por serviços de cobrança, vendas e marketing e o último pela produção e estoque da fábrica. Em seu corpo, os diretores são os seus hábitos. Eles vão ditar o funcionamento do corpo, conduzindo-o para uma cultura organizacional boa ou ruim, a depender de quem você escolher para o cargo. Escolher a prática de exercícios físicos, por exemplo, vai auxiliar no funcionamento intestinal e aumentar a qualidade de vida de forma geral, já escolher uma alimentação desregulada pode bagunçar o sistema todo, tendo como resultado o prejuízo na qualidade de vida.

Seguindo nosso organograma, possuímos os gerentes de fábrica. Eles são responsáveis por funções um pouco mais específicas, como o gerente de compras, que irá cuidar apenas das responsabilidades de estoque. Quando falamos do corpo, os gerentes são nossos órgãos. Nosso estômago quebra nossa matéria prima, o alimento, em pedaços menores que, depois de alguns processos, serão absorvidos na forma de nutrientes lá no intestino delgado. 

 Agora você pode se perguntar quem são os colaboradores nesse esquema todo. Assim como em uma empresa, em nosso sistema gastrointestinal eles são aqueles que fazem os trabalhos muito específicos, os que colocam a mão na massa. No caso do nosso corpo, nossa flora intestinal. Esse ecossistema que existe em nós é formado por vários tipos de microrganismos que possuem como função auxiliar na digestão e nos proteger de bactérias nocivas. O pagamento deles é feito com nossa alimentação, criando um sistema simbiótico onde eles ganham alimentação e um ambiente confortável e nós, ajuda e proteção.

Quando pensamos em exames e visitas ao médico, essas são as consultorias que a empresa precisa para se manter nos eixos e os medicamentos, os treinamentos que auxiliam o pessoal interno a desenvolver novas formas de lidar com problemas.

Viu como nosso corpo e uma empresa podem sim ser parecidos?!

Com tudo isso em mente, uma pergunta precisa ser feita. Qual tipo de líder você está sendo para seu corpo? O que busca o crescimento da empresa e a manutenção da sua saúde ou o que só quer colher os frutos rapidamente sem se importar com o longo prazo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *